Desde muito cedo que a fotografia se assumiu como uma grande paixão na vida de Rute Ângelo. Hoje, essa paixão reflete-se num projeto inspirador, através do qual capta os detalhes mais delicados e preciosos dos recém-nascidos, os primeiros traços de personalidade da infância e a felicidade das jovens famílias.

São estórias carregadas de emoções, para ver e rever, contadas em fotografias únicas de recém-nascidos, crianças, famílias e batizados.

Natural da Covilhã, é nesta cidade que a fotógrafa desenvolve a sua atividade, desde 2011. Foi a partir daqui que a então autodidata Rute Ângelo se foi especializando, a pouco e pouco, na arte de tão bem fotografar recém-nascidos, crianças e famílias. Um trabalho que consiste em eternizar sentimentos e momentos de puro afeto.

O seu percurso no mundo da fotografia começou em Lisboa. Rute Ângelo ingressou aos 19 anos na licenciatura em Física da Universidade de Lisboa, mas depressa trocou os estudos por um emprego, dando então os primeiros passos na área. Foi exatamente nessa altura que trabalhou numa renomada empresa de vendas online de fotografia. Começou por fotografar paisagens e flores, estabeleceu o primeiro contato com as técnicas da edição.

A ligação à fotografia viria a ser interrompida quando abraçou um grande projeto pessoal: o da maternidade. O nascimento da Inês, em 2003, trouxe-a de volta à Covilhã e lançou-a noutros desafios. Essa experiência de ser mãe acabaria, anos mais tarde, por devolvê-la ao mundo da fotografia melhor do que nunca.

Ao longo dos anos, Rute Ângelo soube aliar a sua aptidão natural à realização de cursos e workshops com alguns dos melhores fotógrafos internacionais. Este contato permanente com outros profissionais, bem como a constante procura de novos desafios e tendências, é a sua maneira de estar nesta arte. A técnica alia-se à paixão com toda a naturalidade, o que se reflete num trabalho muito genuíno, verdadeiramente arrebatador.